Cresce o investimento de empresas em causas sociais

Estudo global Edelman Brand 2018 mostra que 69% dos consumidores brasileiros declararam que compram por convicção, e não somente por preço ou qualidade do produto

 

O consumidor está cada vez mais atento ao posicionamento político, social e ambiental das organizações. E, ao contrário do que muitos pensam, a convicção em relação ao engajamento da empresa é um fator determinante na hora da compra para a maioria dos consumidores brasileiros. Segundo o estudo global Edelman Brand 2018, 69% das pessoas declararam que realizam compras por convicção sobre os valores de uma organização. O percentual cresceu 13 pontos em comparação com 2017, ano em que 56% dos entrevistados declararam essa motivação.

 

Quando o assunto são os colaboradores, o estímulo da empresa para que os funcionários pratiquem voluntariado ou se engajem em causas sociais também apresenta melhorias para a produtividade. Uma pesquisa realizada pela Ação Social para Igualdade das Diferenças (ASID) mostrou que 89% dos gestores de diferentes áreas consideram que o voluntariado corporativo faz a pessoa ser um profissional melhor.

 

Nesse contexto, a preocupação das marcas com a responsabilidade social tem crescido nos últimos anos. E as formas de se engajar são diversas. “Quando a empresa se engaja com uma causa com a qual a marca e os colaboradores se identificam, o apoio torna-se ainda mais relevante para ambos os lados”, explica Carla Lettieri, Coordenadora de Programas & Projetos no Instituto Ronald.

 

A Aspen Pharma, farmacêutica sul-africana que é líder do continente africano e uma das 20 maiores do segmento de branded generic no mundo, apoia desde 2018 o Instituto Ronald McDonald, que atua para promover saúde e qualidade de vida para crianças e adolescentes com câncer. Para 2019, a Aspen Pharma apoiará diversas ações para arrecadar fundos com o objetivo de ajudar o Instituto Ronald a realizar suas metas, uma delas é chegar em dez anos no mesmo patamar de chances de cura de países como Estados Unidos e Canadá, que corresponde a 85%. Hoje as chances de cura estão em torno de 64% no Brasil. Entre as ações realizadas pela Aspen estão o patrocínio em Workshops com foco no diagnóstico precoce da doença, jantares beneficentes e o apadrinhamento de restaurantes para o McDia Feliz.

 

Leia mais no site: https://inforchannel.com.br/cresce-o-investimento-de-empresas-em-causas-sociais/

federação das apaes

do estado de são paulo

Rua Tomaz Pedro do Couto, 471

Distrito Industrial - Franca - SP

(16) 3403-5010

feapaes@feapaesp.org.br

@feapaes_sp

Proibido cópia ou reprodução sem prévia autorização.

Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WLSistemas